“Mãe, me promete uma coisa?”

papo-de-mae-banner-linha-op-II1

“Mãe , me promete uma coisa?”

Sou arrebatada de meus pensamentos por esta pergunta feita por meu filho João Pedro. Me viro em sua direção, no exato momento de ver uma pequenina lágrima rolar em sua face.
Ao vê-lo chorando, respondo num ímpeto: ” Claro que sim!” Mil pensamentos passam pela minha cabeça, em uma fração de segundos. Mas eu JAMAIS poderia imaginar a “promessa” que ele me pediria momentos depois…
“Você promete que NUNCA…que NUNCA vai morrer?”
As palavras saem de sua boca em um fiapo de voz… Abro a boca, estupefata, mas nada consigo dizer…sou tomada por um torpor apavorante e tenho a nítida sensação de que isto é uma armadilha do destino que, caprichoso, parece sorrir e se divertir com meu medo do amanhã…

Vislumbro o rostinho de meu filho autista banhado em lágrimas. Assisto seus soluços sofridos, recheados de uma angústia dolorida. A impotência toma conta de minha mente. E tudo o que consigo fazer é abraçá-lo com todas as minhas forças e dizer que estou ali, junto dele… “Mas você vai estar SEMPRE ao meu lado? Quando eu crescer, você ainda vai estar aqui comigo?” A estas novas perguntas, reajo chorando.

Não sei mais o que dizer e muito menos o que fazer. E então, ficamos os dois abraçados, chorando por um longo tempo. Mais tarde, consigo ver tudo com clareza. As peças se encaixam e os acontecimentos dos últimos dias passam a fazer sentido!

Durante aproximadamente uma semana , ele apresentou questionamentos do tipo : -”Você vai ficar velha um dia?” -”Onde você vai estar quando eu for um adulto?” – “Quando eu crescer, eu ainda posso brincar com meus brinquedos?” – “A gente morre quando faz 100 anos?” – “Quanto tempo a gente passa no céu, quando a gente morre?” -”Tem TV no céu? E lá no céu, a NET sai do ar também?” ( esta última é engraçada apesar de toda a situação!) Começo a relembrar fatos que, até então, não tinham chamado minha atenção.

Ele irá completar 10 anos no próximo dia 24 de outubro e toda vez que comentávamos a respeito de seu aniversário, ele desconversava, sempre arrumando um jeito de trocar de assunto.
Há 10 dias, ele me pediu para ver fotos suas e de seu irmão, recém nascidos. Sem saber, acabei reforçando suas angústias e temores com comentários do tipo: “olha só como a mamãe era novinha quando o Jorge nasceu!”
Tudo teve início há uns 2 meses, quando durante a aula de Ciências foi abordado o conteúdo do Ciclo de Reprodução e Vida dos seres vivos.
Todos os seres vivos nascem, crescem, se reproduzem, envelhecem e morrem, dizem os livros de Ciências! E então, neste mesmo dia, ainda durante a explanação da matéria, ele se mostrou chocado e temeroso, perguntando a todo momento se ele também iria morrer.

Crianças ditas neurotípicas começam a entender o processo de finitude do ser humano por volta dos 8, 9 anos de idade. É quando elas realmente se dão conta de que todos iremos morrer um dia. A “ficha cai” para as crianças neste momento! E meu menino fez esta movimentação! Desde então seus questionamentos sobre envelhecimento e morte têm se tornado frequentes.

Sua angústia e sofrimento vieram crescendo e se avolumaram de tal forma a eclodir na última quinta-feira, dia em que ele me fez esta pergunta. Tem apresentado insônia e falta de apetite, além da tristeza notória. A equipe terapêutica bem como sua médica foram consultados e seu caso foi avaliado. As medidas necessárias foram tomadas e tenho fé em Deus de que, muito em breve, esta situação irá passar.

Será apenas uma fase como tantas outras que já aconteceram em nossas vidas e como tantas outras que ainda surgirão. Entretanto, EU tenho que admitir: levarei MUITO mais tempo para esquecer aquele rostinho sofrido, molhado por lágrimas, a me perguntar: ” Mãe, você promete que nunca vai morrer?” Porque muito mais dolorido do que ouvir esta pergunta, é saber que jamais poderei cumprir esta promessa.

Denise Aragão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: