Famílias participam de Workshop sobre Autismo

Famílias participam de Workshop sobre Autismo
Dialogar e desvendar o mundo do autista foi o tema do evento
Workshop sobre autismo aconteceu neste sábado, 29 (Fotos: Portal Infonet)

Dialogar e desvendar o mundo do autista. Foi com este tema que a Associação de Pais de Autistas de Sergipe (Apase) reuniu mais de 100 pessoas para um workshop sobre o Autismo realizado durante este sábado, 29. O Evento evento contou com a participação da psicóloga clínica, Mayra Bonifácio e o psiquiatra geral, Leandro Thadeu, ambos diretores da Clínica Medicina do Comportamento Infantojuvenil de São Paulo e coautores do best-seller ‘Mundo Singular’.

Uma criança autista é caracterizada pela sua extrema dificuldade de relacionamento interpessoal e social, problemas  de comunicação verbal e não verbal, atração por movimentos e atividades repetitivas, e extrema dificuldade de aceitação nas mudanças de rotinas. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 1 a cada 1.000 crianças nascem com autismo, sendo que a síndrome predomina nos quatro vezes mais nos indivíduos do sexo masculino.

Araceli Matos é psicóloga e mãe de criança autista

De acordo com psicóloga e integrante da Apase, Araceli Matos, o objetivo do evento é proporcionar mais conhecimentos sobre a síndrome. “O autismo em termos de ciências foi diagnosticado recentemente, da década de 8º para cá. Então para a ciência isso é muito pouco. As pessoas ainda possuem muitas dúvidas sobre o que é o autismo, suas formas de tratamento e como agir nestes casos”, comenta a psicóloga.

Para Araceli, a busca dos pais pela informação deve estar atrelada ao trabalho de profissionais de diversas áreas. “Nós que somos pais de crianças autistas necessitamos de muito conhecimento. Por isso, fonoaudiólogos, pedagogos, fisioterapeutas, psicólogos, psicopedagogos e até a escola devem estar envolvidos em um trabalho multidisciplinar. Assim podemos buscar o que há de melhor em nossos filhos, pois juntos ganhamos mais força”, opina.

Proposta

Palestrantes Leandro Thadeu e Mayra Bonifácio

Desde que foi criada há três meses, a Apase tem buscado desenvolver eventos relacionados ao autismo. A cada dois meses, especialistas que cuidam e tratam de autistas serão convidadas para palestrar sobre o tema. O primeiro evento realizado pela associação trouxe uma procuradora do Estado de Pernambuco para palestrar sobre os direitos das famílias de crianças com autismo.

“A intenção é esclarecer e orientar estes pais. Pois ninguém se prepara para ser pai e mãe de uma criança autista. Passamos por diversas fases e a primeira delas é a fase da aceitação. Só depois entendemos que recebemos este filho para que sejamos um cuidador”, conta Araceli.

A psicóloga destaca ainda que a associação está aberta à todas as opiniões. “Decidimos que não seríamos partidários de uma única metodologia. Prezamos pelo respeito mútuo, pois achamos que é importante ter conhecimento. Mas, somente a família deverá escolher qual o tratamento mais adequado para sua criança”, explica.

Associação

A Apase foi fundada após um evento que reuniu profissionais e pais para falar sobre o autismo. Neste encontro, cerca de 23 famílias resolvera se unir e criar um órgão sem fins lucrativos para buscar mais conhecimentos sobre o assunto.

Mundo Azul
Grupo de PAIS
O Brasil Precisa Conhecer o Autismo.
Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: