“Tirei meu filho do isolamento do autismo”


“Tirei meu filho do isolamento do autismo”
A professora Anita Brito ouviu os médicos afirmarem que seu filho jamais voltaria a falar. Diagnosticado como autista, o menino ficou mais de um ano sem se expressar. Com uma rotina caseira de estímulos diários, Anita conseguiu trazer o filho de volta. Hoje, Nicolas tem 13 anos, lê, escreve, conversa e frequenta um colégio regular. E segue autista
Por Depoimento a Letícia González
“Uma das psicólogas
me disse que ele era retardado. Outra, mimado”
NUNCA DESISTI DE CONVERSAR COM NICOLAS E TENTAR ENTRAR NO SEU MUNDO. HOJE, AOS 13, VEJO QUE ELE SEGUE EVOLUINDO“Nicolas nasceu sem emitir nenhum som. O parto foi difícil, depois de um longo dia de contrações que terminou com uma cesárea. Assim que puxaram o bebê, ele não chorou. Tiveram de levá-lo para longe de mim, dar-lhe oxigênio para, só então, trazê-lo de volta. Quando o peguei no colo, ele chorava aos gritos. Foi então que comecei a falar baixinho e dizer a ele que eu era sua mãe, até que se acalmou. Foi a nossa primeira conversa. Nicolas se destacava dos outros recém-nascidos da maternidade pelo tamanho — havia nascido com 4,140 kg e 56 cm — e era um bebê lindo. Já na nossa casa em Jandira, no interior de São Paulo, arrancava elogios das visitas, que diziam: ‘Como é quietinho’.
Depois dos primeiros meses, essa característica começou a me preocupar. Nicolas tinha de ser alimentado de três em três horas, mas nunca chorava à noite para mamar. Eu é que tinha de acordá-lo. Também nunca tinha cólicas e ficava em silêncio no berço por horas, olhando para o teto. Quando tinha febre ou dor, respirava com dificuldade e essa era a única maneira de saber que estava doente. Um dia, quando ele tinha 4 meses, eu o coloquei no berço, liguei uma música e comecei a arrumar o quarto. Como tinha o hábito de conversar com ele, fui falando e, sem pensar, me peguei dizendo ‘Você não dá trabalho mesmo, hein, filho? Será que há algo errado?’. Foi a primeira vez que cogitei a hipótese de ele ter um problema.
Aos 6 meses, Nicolas olhou para mim e disse sua primeira palavra: ‘Tata’. Foi estranho o jeito que pronunciou as sílabas. Parecia correto demais. Achei que novas palavras viriam em seguida, como ‘mamãe’, ‘papai’, mas ele só voltou a falar no ano seguinte. Aos 9 meses, aprendeu a andar. Esse sinal de desenvolvimento, no entanto, contrastava com a sua falta de rea­ção a estímulos: não respondia a barulhos — a menos que fossem fortes e inesperados, o que o fazia chorar muito —, não dava atenção a pessoas que falavam com ele — para agonia das avós — e nem se mexia quando ganhava um brinquedo novo. Isso me levou a buscar na internet informações sobre autismo. Ele era pequeno demais para mostrar os sintomas clássicos, mas mesmo assim mencionei o assunto com meu marido, Alexsander, e depois com a pediatra. Alex me chamou de doida e a médica, de ‘mãe de primeira viagem’. Para reforçar, disse: ‘Seu filho é o bebê mais lindo que já vi, fique tranquila’. Aquilo não me acalmou, mas me fez pensar que talvez eu estivesse exagerando. Naquela noite, além do autismo, pesquisei também sobre uma síndrome que faz as mães fingirem que os filhos estão doentes para chamar a atenção para si. Mas eu não me via nas descrições. O que via, a cada noite de insônia passada em frente ao computador, eram semelhanças entre as atitudes de Nicolas e o autismo.

Crianças autistas podem ter pouca ou nenhuma interação com o mundo à sua volta, costumam ter fixação por assuntos específicos, têm raciocínio lógico (mas, muita vezes, inflexível) e parecem escutar apenas quando algo lhes interessa. Não há uma causa definida para a doença, mas a influência genética atualmente já é comprovada por estudos e aceita pelos médicos. Com 1 ano, Nicolas seguia regras sem contestá-las e aprendia com facilidade a diferença entre o certo e o errado. Com 1 ano e meio, expliquei a ele uma única vez como se usava o banheiro e, a partir desse dia, ele nunca mais usou fraldas. Outra coisa que ficou clara na época foi a sua paixão por objetos que giram. Ele ia sozinho até a lavanderia para assistir ao ciclo da máquina de lavar e, como também adorava o ventilador, costumava sentar-se atrás dele — eu o havia proibido de ficar de frente para o vento e ele nunca desobedecia. Quanto à fala, começou repetindo frases de desenhos animados. Ele não criava frases próprias e nem respondia às conversas. Tanto que minha mãe chegou a suspeitar que fosse surdo. Um dia, quando ela foi nos visitar, fiz o teste e falei baixinho: ‘Nicolas, olha para cá agora senão vou ficar chateada’. Ele, que estava brincando bem afastado de nós, largou o brinquedo e olhou.

Quando Nicolas completou 2 anos e meio, decidi levá-lo a uma psicóloga. Em quatro sessões, ela o diagnosticou como retardado mental e disse que jamais frequentaria a escola. Discordei, pois, em casa, ele agia com esperteza, só que do seu jeito. Ela tentou me consolar: ‘Sei que é difícil ouvir isso, você vai entrar em negação’. Depois disso, voltei a abordar o assunto com a pediatra, mas ela insistia que ele era perfeitamente normal. Troquei de médico e ouvi a mesma coisa. Quando meu filho já tinha 3 anos, tentei uma segunda psicóloga. Dessa vez foi pior. Nicolas, dizia, era mimado. ‘Quando vocês pararem de superprotegê-lo, ele vai se desenvolver’. Tentamos colocar Nicolas na escolinha, mas ele chorava do momento em que o deixávamos à hora da saída.

O diagnóstico definitivo só viria quase um ano depois, infelizmente­, por causa de uma doença. Aos 3 anos e 8 meses­, Nicolas desenvolveu uma inflamação­ nos vasos sanguíneos­ chamada Púrpura­ de Henoch-Schönlein­, que pode levar à morte­. Numa noite­, descobrimos um hematoma que cobria quase toda sua nádega e piorava­ de hora em hora. Eu perguntava­ sobre tombos­, batidas, mas não conseguia arrancar­ dele nem um ‘sim’ ou ‘não’, suas respostas habituais. No consultório­, assim que o médico o apalpou, Nicolas começou a gritar: ‘Ai meu Deus, que dor!’, com a mãozinha apoiada sobre a barriga. Houve­ correria­ na clínica quando o pediatra, que estava calmo­ até aquele­ instante, ordenou a uma das enfermeiras­: ‘Corre­ e prepara 20 ml de …’. Nessa hora, não escutei mais nada. Segurei a mão de Nicolas e tentei­ consolá-lo, mas, na verdade­, pensava também em mim. Tive uma infância difícil numa casa com seis irmãos, e só consegui sair da pobreza­ depois de trabalhar e estudar­ muito­. Naquela época, eu e meu marido cuidávamos de nossa­ escola­ de inglês juntos e havíamos chegado­ a um patamar confortável­ de vida­. Aquela era a fase mais feliz­ da minha vida e a crise me fez ter medo­ de perder tudo.
.

Advertisements

19 responses to ““Tirei meu filho do isolamento do autismo””

  1. Ana Muniz says :

    Letícia,

    obrigada por se abrir tanto neste depoimento. Tenho certeza de que sua “história” vai iluminar muitas outras famílias autistas. Coragem e muita luz sempre. Abraços Ana Muniz

    • irene says :

      eu tambem estou na luta pelomeio folho de sindrome x fragil.

      • blogmundoazul says :

        SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL – CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
        ESTA CONFIRMADO O SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL
        CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
        DIA 1 DE SETEMBRO 2012 LOCAL VIA PARQUE OFFICES- AV.AYRTON SENNA N-3000 BARRA DA TIJUCA RIO DE JANEIRO
        VAGAS LIMITADAS

        MUNDO AZUL GRUPO DE PAIS
        O BRASIL PRECISA CONHECER O AUTISMO.

        54

      • blogmundoazul says :

        SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL – CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
        ESTA CONFIRMADO O SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL
        CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
        DIA 1 DE SETEMBRO 2012 LOCAL VIA PARQUE OFFICES- AV.AYRTON SENNA N-3000 BARRA DA TIJUCA RIO DE JANEIRO
        VAGAS LIMITADAS

        MUNDO AZUL GRUPO DE PAIS
        O BRASIL PRECISA CONHECER O AUTISMO.

    • blogmundoazul says :

      SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL – CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
      ESTA CONFIRMADO O SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL
      CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
      DIA 1 DE SETEMBRO 2012 LOCAL VIA PARQUE OFFICES- AV.AYRTON SENNA N-3000 BARRA DA TIJUCA RIO DE JANEIRO
      VAGAS LIMITADAS

      MUNDO AZUL GRUPO DE PAIS
      O BRASIL PRECISA CONHECER O AUTISMO.

      6543

  2. Claudio Pereira says :

    Lendo seu depoimento ví muito do que aconteceu na evolução e diagnostico do nosso filho. Só uma coisa que vou ter que comentar, pois estou fervendo de raiva. Aquele ou aquela psicóloga que disse que sei filho era um RETARDADO MENTAL. Esta doutora é uma GRANDE FDP em dizer uma coisa dessa (que me perdoem as palavras), e que ela sim é uma grande RETARDADA MENTAL e que deveria sim estar se tratando, pois nao tem competência nem conhecimento nenhum de causa para clinicar, muito menos falar um absurdo desses para uma mãe. Eu tenho confiança e certeza absoluta na recuperação do nosso filho, assim como aconteceu com o seu.
    Obrigado por compartilhar sua experiência.
    Fiquem com Deus…
    😀

    • blogmundoazul says :

      SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL – CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
      ESTA CONFIRMADO O SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL
      CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
      DIA 1 DE SETEMBRO 2012 LOCAL VIA PARQUE OFFICES- AV.AYRTON SENNA N-3000 BARRA DA TIJUCA RIO DE JANEIRO
      VAGAS LIMITADAS

      MUNDO AZUL GRUPO DE PAIS
      O BRASIL PRECISA CONHECER O AUTISMO.

      9786

    • blogmundoazul says :

      Evento Social Mundo Azul,Lions Clube Rio de Janeiro e Fundação Armando Fajardo de Lions Clubes

      logo faf, governadora e mundo azul 1º oficio
      Lions Clube Rio de Janeiro
      Fundação Armando Fajardo de Lions Clubes e
      O Grupo de Pais Mundo Azul/Autismo (www.mundoazul.org.br)

      Convidam para a feijoada amiga, que será realizada no dia 11 de novembro de 2012, às 12:30hs, no Clube Marapendi, situado à Avenida das Américas, 3.979 Barra da Tijuca.
      Adesão: R$60,00 (sessenta reais), com bebida incluída, música ao vivo e sorteio de prêmios. A presença de personalidades do meio
      artístico é esperada.
      O Lions e a FAF são entidades que apóiam o Movimento referente a conscientização do AUTISMO e não participam da renda arrecadada neste evento, sendo esta direcionada ao Mundo Azul/Autismo.

      Contatos: Vera de Cnop 9649-7956
      Ilton Caruso e Keyla de Cnop (eventomundoazul.com.br)

      4

  3. Paulo Vasco says :

    Maravilhoso depoimento.
    Que a luz vos ilumine.

    Abraço desde Portugal

    • blogmundoazul says :

      SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL – CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
      ESTA CONFIRMADO O SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL
      CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
      DIA 1 DE SETEMBRO 2012 LOCAL VIA PARQUE OFFICES- AV.AYRTON SENNA N-3000 BARRA DA TIJUCA RIO DE JANEIRO
      VAGAS LIMITADAS

      MUNDO AZUL GRUPO DE PAIS
      O BRASIL PRECISA CONHECER O AUTISMO.

      67

    • blogmundoazul says :

      SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL – CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
      ESTA CONFIRMADO O SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL
      CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
      DIA 1 DE SETEMBRO 2012 LOCAL VIA PARQUE OFFICES- AV.AYRTON SENNA N-3000 BARRA DA TIJUCA RIO DE JANEIRO
      VAGAS LIMITADAS

      MUNDO AZUL GRUPO DE PAIS
      O BRASIL PRECISA CONHECER O AUTISMO.

      888

    • blogmundoazul says :

      Evento Social Mundo Azul,Lions Clube Rio de Janeiro e Fundação Armando Fajardo de Lions Clubes

      logo faf, governadora e mundo azul 1º oficio
      Lions Clube Rio de Janeiro
      Fundação Armando Fajardo de Lions Clubes e
      O Grupo de Pais Mundo Azul/Autismo (www.mundoazul.org.br)

      Convidam para a feijoada amiga, que será realizada no dia 11 de novembro de 2012, às 12:30hs, no Clube Marapendi, situado à Avenida das Américas, 3.979 Barra da Tijuca.
      Adesão: R$60,00 (sessenta reais), com bebida incluída, música ao vivo e sorteio de prêmios. A presença de personalidades do meio
      artístico é esperada.
      O Lions e a FAF são entidades que apóiam o Movimento referente a conscientização do AUTISMO e não participam da renda arrecadada neste evento, sendo esta direcionada ao Mundo Azul/Autismo.

      Contatos: Vera de Cnop 9649-7956
      Ilton Caruso e Keyla de Cnop (eventomundoazul.com.br)

      44

  4. Lubia Aguiar says :

    Olá! Teu depoimento demonstra a coragem que só as mães conseguem ter! Um filho é um presente que Deus nos dá sabendo quem somos. És a mãe perfeita para o Nícolas! Gostei de ler tua história, parabéns! Um beijo!

    • blogmundoazul says :

      SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL – CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
      ESTA CONFIRMADO O SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL
      CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
      DIA 1 DE SETEMBRO 2012 LOCAL VIA PARQUE OFFICES- AV.AYRTON SENNA N-3000 BARRA DA TIJUCA RIO DE JANEIRO
      VAGAS LIMITADAS

      MUNDO AZUL GRUPO DE PAIS
      O BRASIL PRECISA CONHECER O AUTISMO.

      33

    • blogmundoazul says :

      SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL – CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
      ESTA CONFIRMADO O SEGUNDO EVENTO MUNDO AZUL
      CICLO DE MESA REDONDA:IDENTIFICAÇÃO,DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO MÉDICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTICO(TEA).
      DIA 1 DE SETEMBRO 2012 LOCAL VIA PARQUE OFFICES- AV.AYRTON SENNA N-3000 BARRA DA TIJUCA RIO DE JANEIRO
      VAGAS LIMITADAS

      MUNDO AZUL GRUPO DE PAIS
      O BRASIL PRECISA CONHECER O AUTISMO.

      321

    • blogmundoazul says :

      Evento Social Mundo Azul,Lions Clube Rio de Janeiro e Fundação Armando Fajardo de Lions Clubes

      logo faf, governadora e mundo azul 1º oficio
      Lions Clube Rio de Janeiro
      Fundação Armando Fajardo de Lions Clubes e
      O Grupo de Pais Mundo Azul/Autismo (www.mundoazul.org.br)

      Convidam para a feijoada amiga, que será realizada no dia 11 de novembro de 2012, às 12:30hs, no Clube Marapendi, situado à Avenida das Américas, 3.979 Barra da Tijuca.
      Adesão: R$60,00 (sessenta reais), com bebida incluída, música ao vivo e sorteio de prêmios. A presença de personalidades do meio
      artístico é esperada.
      O Lions e a FAF são entidades que apóiam o Movimento referente a conscientização do AUTISMO e não participam da renda arrecadada neste evento, sendo esta direcionada ao Mundo Azul/Autismo.

      Contatos: Vera de Cnop 9649-7956
      Ilton Caruso e Keyla de Cnop (eventomundoazul.com.br)

  5. Márcia says :

    Olá, Anita . Assim como você , eu também tenho um autista em casa. Tive uma gestação gemelar Nicolas e Giuliano.Meu azul é o Giuliano, ele também é lindo. Está com 4 anos. E como você , também já ouvi muita besteira de especiliastas que nunca deveriam exercer a profissão que exercem. Se puder .vamos trocar contatos.
    Um abraço muito especial a você e ao seu Nicolas.

    Márcia , de Bom Jesus dos Perdões.

    • blogmundoazul says :

      TRABALHO – VEJA O QUE O MUNDO AZUL ESTA FAZENDO NO MÉS DE MAIO EM PROL DO AUTISMO.

      logo_vertical (3)

      O LEMA DO MUNDO AZUL GRUPO DE PAIS É MUITO TRABALHO EM PROL DA CONSCIENTIZAÇÃO DO AUTISMO ,VEJA O QUE ESTAMOS FAZENDO NO MÉS DE MAIO.

      – TODA QUINTA FEIRA O MUNDO AZUL GRUPO DE PAIS PARTICIPA DE UMA PALESTRA NO TEATRO LEBLON APOS O TERMINO DA PEÇA O ESTRANHO CASO DO CACHORRO MORTO PARA FALAR PARA UMA PLATEIA ECLÉTICA QUE É FORMADA POR PROFESSORES,MÉDICOS,PAIS,FONOAUDIÓLOGOS E PESSOAS QUE NUNCA OUVIU FALAR DE AUTISMO PARA SENSIBILIZAR ,CONSCIENTIZAR E INFORMAR.

      ESTA OPORTUNIDADE É MUITO IMPORTANTE POIS É UMA MANEIRA DE FALAR PARA UM PÚBLICO COMPLETAMENTE DIFERENTE ,EXPLICANDO QUE É POSSÍVEL UM ADULTO OU UMA CRIANÇA SENDO TRATADO DESDE CEDO QUE ELA PODE TRABALHAR E ESTUDAR.A INTENÇÃO DO MUNDO AZUL E CADA VEZ MAIS TRABALHAR ESTA INFORMAÇÃO PARA QUE E A SOCIEDADE CONHEÇA E RESPEITE OS NOSSOS FILHOS.

      – O Mundo Azul participara no dia 25/05/2014 , de 8h às 16h, Ação Global Regional Nova Iguaçu , na Unidade Operacional SESI Nova Iguaçu, Rua Gerson Chernicharo, nº 1.321 – Bairro da Luz – RJ para levar informação e conscientização do Autismo para população local.Convidamos a todos participar desta grande festa de cidadania.

      – O Mundo Azul esta trabalhando em seu novo Site para melhorar a sua visualização e acesso com mais rapidez e novo visual.

      – O Mundo Azul esta com MUITOS PROJETOS em andamento de capacitação para profissionais, pais ,professores que atuam e trabalham com crianças com Autismo.

      – MUITAS NOVIDADES SERÃO APRESENTADAS AO LONGO DO ANO.

      MUNDO AZUL TRABALHANDO COM RESPONSABILIDADE E TRANSPARÊNCIA COM A INFORMAÇÃO.

      Mundo Azul Grupo de Pais.

    • blogmundoazul says :

      Visite a nova Home page da Fundação Mundo Azul
      O Mundo Azul Grupo de Pais informa que estamos com uma nova Home Page com novo Desining ,informação,conteúdo ,cadastro ,Video e muito trabalhop para o segundo semestre.
      Visite e faça o seu Cadastro que será muito importante para sabermos quantos somos,vamos manter toda família com autismo com informações atualizadas do que sai em todo mundo.
      estas informações estão no novo acesso do portal
      http://www.mundoazul.org.br/novo
      face da fundação mundo azul
      Aguardamos a sua Visita.
      Mundo Azul Grupo de Pais 1111

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: